Autor: Dom

Oscar

Grande Hotel Budapeste, o mais belo. Boyhood, o mais desolador. Birdman, o mais original. Whiplash, o mais cru. A Teoria de Tudo, o mais divertido. O Jogo da Imitação, o mais escroto. Meu oscar vai para a crueza de Whiplash.

Por que escrevo

Escrevo como para marcar um ponto de aprendizado, uma expressão de vida. Escrever para convencer seria arrogância, e ingenuidade. Aliás, toda arrogância é um tipo de ingenuidade. Escrevo, então, para lembrar que estou vivo.