Por que escrevo

Escrevo como para marcar um ponto de aprendizado, uma expressão de vida. Escrever para convencer seria arrogância, e ingenuidade. Aliás, toda arrogância é um tipo de ingenuidade.

Escrevo, então, para lembrar que estou vivo.

Post navigation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *